Saiba calcular o litro do leite de sua produção – HARAMAQ

Sertão - RS - Brasil
(54) 3615-4161
PRODUTOS

Conheça nossa linha completa

VÍDEOS

Confira nossos conteúdos

BLOG

17 de agosto de 2018

Saiba calcular o litro do leite de sua produção

A essência da gestão financeira, em uma fazenda leiteira, está em seguir certos princípios cuja base está apoiada na realização de uma boa coleta de dados econômicos. Há de se considerar, no entanto, que são muitos os itens de custos envolvidos em uma operação de produção de leite e que nem todos seguem a mesma periodicidade. Portanto, a organização e a disciplina do pecuaristairão incidir plena e positivamente sobre o resultado real, dando condições de ele saber exatamente quanto custa o leite produzido em sua propriedade.

O pecuarista, quando bem estruturado e organizado, tendo como base um bom planejamento financeiro e operacional, consegue realizar com grande eficiência os cálculos do custo de produçãoe o controle do fluxo de caixa. Portanto, a organização é a primeira providência a ser tomada, se ele quiser fazer tudo de forma correta, pois não há acerto em meio à desorganização. A segunda etapa é anotar todos os gastos que ele tem com a produção leiteira. Da mesma forma, ele deverá contabilizar todo o dinheiro que entra, permitindo analisar com clareza se a receita está superando os gastos. Com organização e disciplina, a pecuária leiteira se torna mais eficiente, podendo o produtor ter o conhecimento e o controle sobre o custo de produção de sua fazenda.

 

Custos fixos x custos variáveis

Para facilitar a gestão dos custos de uma fazenda leiteira, o gestor pode separar o controle em dois tipos: os custos fixos e os custos variáveis. Nos custos fixos, enquadram-se gastos como:
– Despesas com o escritório,
– IPVA do(s) veículo(s) utilizado(s) no trabalho com o leite,
– Salários dos funcionários,
– Impostos,
– Seguros,
– Custos de manutenção,
– Taxas diversas, e
– Outros gastos relacionados à estrutura necessária para a produção, como é o caso da depreciação das máquinas, equipamentos e construções. Neste caso, o cálculo pode ser feito subtraindo o valor de compra pelo valor atual e dividir pelo tempo de utilização do bem.

Os custos variáveis, por sua vez, compreenderão os gastos:
– Com os funcionários temporários,
– Com inseminação,
– Com combustível,
– Com a alimentação dos animais (farelos, ração e silagem),
– Com medicamentos,
– Com energia,
– Com produtos químicos utilizados na higienização da ordenha,
– Com adubos,
– Com sementes de pastagem e
– Com outras despesas ligadas diretamente à produção do leite.

É importante esclarecer que os custos variáveis podem aumentar ou diminuir de acordo com o tamanho do rebanho e, consequentemente, com a quantidade de leite produzida.

Análise de custos

Separados os custos fixos dos custos variáveis, o gestor será capaz de entender melhor a dinâmica de custos na propriedade, facilitando a análise do negócio. Em seguida, ele deverá fazer uma comparação com outras fazendas do mesmo porte a fim de entender se os valores apresentados em sua fazenda leiteira estão altos ou baixos. A utilização desta tática ajuda a enxergar se na fazenda está havendo desperdício ou eficiência de recursos.

Cálculo do custo de produção por litro produzido

Feita a coleta dos custos em um determinado tempo, seja mensal ou anual, bastará ao gestor dividir a produção total pelo custo empregado no período. Com isto, ele obterá o custo de produção por litro produzido.

Planilha de custos

Possuir uma planilha de controle, atualizada, ajuda o gestor a ter conhecimento sobre tudo aquilo que ele gastou com a produção de leite, seja com as despesas fixas ou variáveis. Muitas são as ferramentas disponíveis no mercado que ajudam o pecuarista a registrar seus custos e ter um quadro real sobre as finanças. Possuindo total controle sobre o fluxo de caixa e consegue identificar facilmente como, quando e com o quê ele gastou. Com a planilha também é possível que o pecuarista saiba quais fatores interferem no custo da produção de leite caso ele resolva produzir ainda mais. Além disso, há programas de computadores, softwares especializados na gestão de negócio, que são mais indicados para as médias e grandes operações, que possuem uma quantidade maior de dados.

Vale lembrar, também, que é muito importante o produtor conhecer o valor de seu patrimônio, por meio de um inventário. Além disto, ele deverá atentar-se aos prazos de pagamentos e obrigações legais e, principalmente, não misturar as despesas pessoais e de casa com as despesas da propriedade rural. Somente seguindo corretamente esses princípios que o pecuarista conseguirá obter o controle financeiro total de sua fazenda, sendo possível calcular o valor do litro de leite nela produzido.

Fonte: Revista Mundo do Leite

Suporte Técnico

(54) 3615-4161

Entre em contato conosco






Copyright - Todos os direitos reservados